Por que áudio de lance que revoltou Fluminense contra LDU não será divulgado

Publicidade

Na noite desta sexta-feira (23), a Conmebol divulgou o áudio do VAR do gol da LDU no jogo de ida da CONMEBOL Recopa contra o Fluminense. Outro lance que foi checado pelo árbitro de vídeo, porém, ficou de fora.

Apesar de muitas reclamações do lado tricolor, o pênalti não marcado em Germán Cano no início do primeiro tempo não teve áudio divulgado – e nem terá.

Segundo apurou a reportagem da ESPN, o protocolo do VAR da Conmebol diz que só devem ser divulgados áudios de lances que são analisados e corrigidos com o uso da tecnologia.

O lance do gol da LDU, por ter sido anulado por impedimento no campo e corrigido depois da análise, é divulgado. Como o pênalti não foi marcado e, depois de analisado, o que foi assinalado no campo se manteve, não há divulgação do áudio.

Aos 8 minutos do primeiro tempo, ao ser lançado com liberdade na área, Germán Cano foi derrubado pelo zagueiro Quiñonez na entrada da área. O VAR chamou o árbitro Andrés Rojas, que revisou o lance na beira do campo, mas manteve sua marcação.

Após a partida, Fernando Diniz, Felipe Melo, Fábio, Marlon e o presidente Mário Bittencourt fizeram reclamações duras sobre a arbitragem da partida.

Próximos jogos do Fluminense