Lakers x Warriors tem confusão bizarra e 15 segundos viram 20 minutos

Publicidade

Neste sábado (16), o Golden State Warriors venceu o Los Angeles Lakers por 128 a 121 no que deveria ser um jogo marcado pela qualidade técnica e a competitividade. No entanto, no futuro ele será lembrado por uma das maiores confusões da história da NBA.

Faltando 1:50 para o fim da partida, os Lakers desafiaram uma saída de bola e os árbitros foram para o monitor ver se mudariam a decisão. Depois de muito tempo, a bola que havia sido dada para os Warriors foi para Los Angeles.

Na sequência, outra saída de bola provocou confusão e um novo desafio dos Lakers. Outra vez, a decisão foi revertida e Los Angeles ficou com a bola. Quando o jogo foi recomeçar, o relógio de arremesso deu problema.

Toda vez que os Lakers tentavam recomeçar o jogo, o relógio de jogo corria, enquanto o de arremesso ficava parado. Com isso, o tempo de jogo foi diminuindo e os Lakers não conseguiam começar uma posse.

Com toda a confusão, demorou 20 minutos para que o relógio de jogo fosse de 1:50 para 1:35, ou seja, foram 20 minutos “reais” para 15 segundos de jogo.

Como o relógio de arremesso não voltou, os árbitros decidiram que um dos representantes da mesa ficaria com um cronômetro e ia avisando quando o relógio de arremesso estivesse nos últimos cinco segundos.

Visivelmente irritados com a situação, ambos os times deixaram de jogar e o jogo acabou de forma melancólica.

“Nunca vi isso na minha carreira, normalmente eles têm um relógio reserva. Nos demos bem e conseguimos uma boa vitória. Nem lembro quando tinha sido a última vez que a gente venceu aqui (em Los Angeles)”, desabafou Curry em entrevista pós jogo.