Ancelotti diz o que Rodrygo tem que melhorar no Real Madrid

Publicidade

O italiano Carlo Ancelotti, do Real Madrid, é conhecido pela boa relação com jogadores brasileiros. E com o atacante Rodrygo não é diferente. O treinador elogiou o ex-jogador do Santos e destacou a importância que tem para a equipe. Mesmo assim, o técnico ainda vê fundamentos que podem ser aprimorados, mas nada muito preocupante.

“Ele está em um bom momento pelo que contribui para a equipe no jogo, o trabalho que faz e o comprometimento que tem”, disse Ancelotti.

“Está um pouco menos preciso nas finalizações, mas isso já aconteceu em outro momento. Se não nos preocupou antes, agora também não”, completou.

Rodrygo tem 13 gols em 38 jogos disputados nesta temporada. Ao todo, desde que estreou no Real Madrid, são 203 partidas e 50 bolas na rede.

O brasileiro foi fundamental no título da Champions League na temporada de 2021/2022, decidindo nos minutos finais, com dois gols, a semifinal diante do Manchester City.

Trabalhar no Real Madrid também traz sofrimento

Na mesma entrevista, Ancelotti falou sobre o sentimento de comandar o Real Madrid. Para o treinador, estar em um dos maiores clubes do mundo não é apenas alegria.

“Meu trabalho é um trabalho que eu gosto muito, sobretudo no Real, que é o melhor lugar para se trabalhar. Mas o trabalho é mais sofrimento do que felicidade porque há muitas situações que tenho que controlar”, disse.

“Dentro da vitória há gente ao redor que não está feliz porque não joga e tem que saber ajustar. A felicidade eu posso compartilhar, mas o sofrimento não. Nesse sentido estou muito bem, mas é mais sofrimento que felicidade”, completou.

Próximos jogos do Real Madrid